Livros

Preview

Preview: Amor Assassino Gal Gal Gal Gal Gal Gal Gal Gal

Trailer

Amor Assassino

Dados do Livro

Roteiro
James Robinson
Arte
Phil Elliott
Tradução
Maurício Muniz e Eliane Gallucci
Formato
16,5 x 24,0 cm
Número de Páginas
88 páginas em preto, branco e cores
Preço para o consumidor
R$ 28,00
ISBN
978-85-61780-15-9

Amor Assassino

James Robinson e Phil Elliott

Mistério, sexo, ódio e assassinatos em um elogiado álbum em quadrinhos produzido na Inglaterra!

Europa, década de 1930.

Por todo o continente, várias mulheres são vítimas de estranhos e fatais acidentes. Em comum, todas tinham duas características: eram herdeiras de grandes fortunas e casaram com homens aparentemente perfeitos, admirados por todos a seu redor.

Mas um policial desconfia que possa haver algo sinistro em cada um desses casos. Estariam todas essas mortes ligadas à presença de um assassino frio e genial, capaz de mudar sua aparência para seduzir qualquer mulher que desejar? E quem seria o discreto comparsa que parece acompanhá-lo em cada uma de suas aparições?

Criada pelo premiado roteirista inglês James Robinson (Starman, Batman, Terra 2) e pelo desenhista Phil Elliott (Os Caça-Fantasmas, Contraband, Doctor Who), Amor Assassino é uma incrível trama de suspense, mistério e romance, elogiada na Inglaterra e nos Estados Unidos. Lançada originalmente como uma minissérie em três partes pela editora Slave Labor, o álbum encontra-se fora de catálogo há mais de dez anos no exterior, mas chega agora ao Brasil para a alegria dos fãs de bons quadrinhos policiais ao estilo Noir.

Sugerido para fãs de Sin City, Fell: Cidade Brutal, Wolverine: Noir, 100 Balas e outros títulos policiais da linha Vertigo.

Esta edição traz uma introdução exclusiva para o Brasil do desenhista Phil Elliott, que conta a origem do projeto.

O que já foi dito sobre Amor Assassino:

O clima forte e sinistro, combinado ao ódio do personagem principal pelas mulheres, produz uma tensa exploração psicológica do lado mais sombrio do sexo e do casamento.
Atomic Avenue

James Robinson e Phil Elliott criaram um conto simples e elegante que permanece com você muito após a leitura. Passou da hora de ser reconhecida pela grande história que é.
Daniel J. Mooney, Going Blind from Reading

O tom é soturno e o final, inesperado.
Andrew Farrell, Reviews from the Forbidden Planet

Perturbadoramente envolvente.
Matt Price, Nerdage